Nossos produtos


Inspirado no modo como é chamado o creme de leite em Portugal – nata – e também pela conotação da palavra no Brasil, que faz referência a tudo o que há de melhor, a Fina Nata, primeira bem-casaderia do país, abre suas portas e apresenta um novo conceito na forma de saborear o clássico doce e imprime status inédito àquilo que é conhecido apenas como lembrancinha de casamentos.

O tradicional bem-casado, feito com pão de ló e recheio cremoso, ganhou 8 versões na loja inaugurada há pouco mais de um mês, entre elas capim santo com limão, chocolate com pimenta, papaia com cassis e baba de moça com geleia de damasco, que não precisam mais ser cobiçadas até o dia de uma festa de casamento. O elegante salão da casa com vista para a rua e a seleção de cafés, vinhos e chás franceses são o convite ideal para que o doce seja apreciado ali mesmo.

Com arquitetura inspirada em uma joalheira provençal, a loja ganhou vitrines e prateleiras que destacam as embalagens, verdadeiras peças de decoração e revelam uma atração à parte: os fast-gifts.

Caixas feitas com materiais nobres como prata, madre pérola, madeira e cristais surpreendem não só pela delicadeza, mas pela dupla função: é uma opção diferenciada para presentear, com bem-casados acomodados em seu interior, e depois podem se transformar em porta joias, como é o caso da caixa com apliques de cristal, ou fazer parte da decoração, como a bailarina com prato vidro.

A seleta carta de bebidas traz marcas como Nespresso, para os cafés, a francesa Mariage Frères reconhecida pela tradição em chás e vinhos e espumantes, vendidos também em taças, para que possam compor a harmonização com o bem-casado, apresentando uma sofisticada alternativa ao clássico “chá da tarde”.

Além dos sabores fixos, a bem-casaderia lança versões sazonais, de acordo com a estação ou festividades, há também o bolo de bem-casado, para quem quer fugir dos minimalismos sem perder a delicadeza, e a marca conta uma linha de doces finos, que junto com os fast-gifts justificam o “algo mais” descrito no nome da casa. Para o inverno foram criados os bem-casados de paçoca e o de gengibre com canela e, em breve, a linha de primavera começa a ser produzida, com recheios de chocolate e flor de laranjeira e a com água de rosas.

O afinado conceito teve supervisão de Gustavo Soncini, um dos sócios da Fina Nata, que acompanhou todo o processo de criação da marca, envolvendo-se em uma grande pesquisa sobre a origem do doce. “Não existe uma única versão sobre a história do bem-casado. Sabemos que tem origem portuguesa, com o casadinho, que também simboliza a união. Resolvi me guiar por este histórico que influenciou na escolha do nome da loja, dos produtos, como os vinhos em sua maioria portugueses, e em detalhes da decoração como as coroas que estampam as paredes”, conta o empresário.

O resultado pode ser apreciado sentando-se em uma das belas cadeiras “medalhão”, correndo o dedo pelas 10 opções de sabores de bem-casados disponíveis no menu ou ainda observando a sensação de quem ganha um presente ímpar.  “O melhor de tudo é não precisar mais esperar por casamentos para saborear um bem-casado”, finaliza Soncini.


VISITE NOSSA LOJA VIRTUAL: http://finanata.lojaintegrada.com.br



Compartilhe